sábado, 1 de novembro de 2014

"O MEDO DESTRÓI OS SONHOS"



          O medo é uma expressão emocional própria do ser humano. Ele é provocado por uma série de motivos, às vezes, motivos com fundamentos, outras, porém, por motivos infundados.
          A verdade é que, até certo ponto, o medo é positivo, mas pode tornar-se nocivo se não for controlado. Ninguém vive sem sentir medo em certos momentos da vida. Isso é provado pelas Escrituras quando lemos que lá no Éden, nos primórdios da vida do homem, Adão e Eva sentiram essa mesma emoção, que é o medo.
O QUE É O MEDO
          Como todas as outras emoções, é uma expressão afetiva acompanhada de reações intensas e breves do organismo. O medo expressa, em geral, por grande inquietação, intensa e desagradável, ante à expectativa de um perigo real ou imaginário, de uma ameaça ou de um susto. Traz um estado de sobressalto que pode levar ao pânico ou ao terror se for mais duradouro ou mais exagerado, ou ainda pode deixar o indivíduo sem ação.
          Sempre existe uma causa que provoca o medo. Mesmo que essa causa seja infundada. No caso de o medo se manifestar o efeito será manifesto através das atitudes. A pessoa fica com a mente bloqueada e não tem condições de raciocinar com lógica. Torna-se, então, dominada pelo medo e passa a crer de maneira errada porque o medo cancela a fé, e as coisas passam acontecer conforme o medo propõe (Jó 3:25).
VENCENDO O MEDO
          O cristão não pode se deixar levar pelo medo. Não pode fugir à sua realidade de filho de Deus, que recebe constantemente proteção do Pai. Na Bíblia, existe uma expressão de encorajamento que é registrada trezentas e sessenta e cinco vezes (conforme a versão) que diz: Não temas.
          Alguém já disse que é para o crente apoderar-se de uma por dia durante todo o ano. Isso serve de edificação, de firmeza na fé e de condição para repudiar o medo e exercer confiança no Senhor que pode todas as coisas (Mt. 28:18). O crente deve estar bem certo desta verdade e repetir as palavras do salmista, que diz:

“O Senhor é a minha luz e a minha salvação; a quem temerei? O Senhor é a força da minha vida; de quem me recearei?   (Salmos 27:1).