domingo, 23 de dezembro de 2012

"EM BUSCA DE NOSSA CIDADE"


          Na Califórnia, exatamente no lugar onde a “corrida do ouro” teve início, quando garimpeiros encontravam uma terra onde pudesse haver ouro, fincavam uma estaca e assim reivindicavam o território. Alguns terrenos eram mais valiosos que outros por causa do que havia sob eles. Para reivindicar um terreno naquela época era preciso fincar uma estaca no chão. A estaca deveria levar o nome da pessoa e uma breve descrição da área que estava sendo reivindicada. O terreno seria avaliado formalmente mais tarde. Enquanto isso, a estaca era um “documento” tão importante quanto uma escritura. Se ninguém reclamasse a terra, outra pessoa poderia remover a estaca antiga fincar sua própria estaca com seu nome e as dimensões da terra e dizer: “De acordo com a lei, reivindico esta terra. Estou em processo de possessão e ocupação e esta estaca é a prova de que, por lei, este terreno é meu”.
          Esta será a proclamação contida na estaca fincada no solo de nossa cidade:
·       *  ARREPENDEMO-NOS  e pedimos ao Senhor que nos perdoe pelos pecados deste Estado e desta região, especialmente  desta cidade. Pedimos perdão pelos pecados de corrupção política, preconceitos, perversão moral, feitiçarias, ocultismo e idolatria. Clamamos que o sangue de Jesus purifique nossas mãos do derramamento de sangue inocente. Pedimos perdão pelas divisões na igreja, perdão pelo orgulho, perdão pelos pecados da língua e qualquer outro pecado que tenha ferido a causa de Cristo. Nós nos arrependemos e nos humilhamos, clamamos misericórdia sobre nossa terra, nossa comunidade e nossas igrejas.
·        * REIVINDICAMOS, clamamos pela vinda do Reino de Deus, para que Sua vontade seja feita nesta cidade. Pedimos, em Nome de Jesus, o derramamento da graça e misericórdia para que haja um avivamento espiritual que cubra a comunidade, afim de que as pessoas se voltem para Deus, se purifiquem, sejam quebrantadas e se humilhem. Clamamos que o Senhor visite esta cidade, nossas igrejas e lares. Que esta cidade não seja esquecida. Clamamos por uma restauração baseada na justiça.
·       *  RESISTIMOS em submissão a Deus, pela fé, ao inimigo e suas obras, a todas as forças e poderes demoníacos que têm escravizado esta cidade. Resistimos ao espírito de maldade que estabeleceu fortalezas nesta cidade. Resistimos aos lugares obscuros, às obra das trevas, aos lugares onde o inimigo esteja acampado. Clamamos o Nome de Jesus para que tais fortalezas espirituais sejam destruídas e proclamamos neste dia, que esta cidade está agora sob o poder e Senhorio do Espírito Santo.
          Esta é a nossa Proclamação, reivindicando nossa cidade e buscando-a para Deus.

Livro: Caçadores de Deus   (Tommy Tenney)

quarta-feira, 5 de dezembro de 2012

"DESEJO DO PECADO"

 "E, vendo a mulher que aquela árvore era boa para se comer, e agradável aos olhos, e árvore DESEJÁVEL para dar entendimento, tomou do seu fruto..." Gn. 3:6


          A Bíblia não diz qual era o fruto que Eva cobiçou... a foto de uma maça acima é apenas uma ilustração... mas o DESEJO a levou ao pecado contra Deus.
          O apóstolo Paulo nos ensina em sua carta aos Romanos o seguinte (7:8):

"MAS O PECADO, APROVEITANDO A OPORTUNIDADE DADA PELO MANDAMENTO, PRODUZIU EM MIM TODO TIPO DE DESEJO COBIÇOSO. POIS, SEM A LEI O PECADO ESTÁ MORTO".

          Sabemos o que é crime por causa das leis... sabemos o que é pecado por causa dos Mandamentos de Deus, ninguém é inocente. Temos dentro de nós o conhecimento do que é certo e do que é errado. Diante disso, o que somos perante Deus? Cidadãos de bem ou marginais?
As leis, normas, regras e procedimentos foram feitos aos cidadãos de bem e não para os bandidos, pois, eles já vivem à margem da lei, por isso são chamados de marginais.
          O pecado não podemos evitar... somos pecadores, mas o DESEJO DO PECADO podemos evitá-lo, é uma luta constante do espírito contra a carne mas podemos vencer.

TODO DESEJO INCONTROLÁVEL DO PECADO PODE SER ELIMINADO COM PERSEVERANÇA E COM O ESPIRITO SANTO EM NOSSAS VIDAS.

As consequências dos desejos de pecado quando consumados são muito grandes, mas quando RESISTIMOS estes desejos somos recompensados pela presença maravilhosa do Espírito Santo em nossas vidas, nos consolando, nos corrigindo e nos fortalecendo.