segunda-feira, 26 de agosto de 2013

"REMANESCENTES"

     “No tempo de hoje, sobrevive um REMANESCENTE segundo a eleição da graça” (Romanos ll:5).
      Na historia de Israel sempre se pôde discernir um remanescente, um Israel espiritual dentro do Israel nacional. No tempo de Elias sete mil não dobraram os joelhos diante de Baal (I Reis 19:18). No tempo de Isaías foram “alguns sobreviventes” por amor de quem Deus ainda se absteve de destruir a nação (Isaías 1:9). Durante os cativeiros, o remanescente aparece entre os judeus como Ester, Mardoqueu, Ezequiel, Daniel, Sadraque, Mesaque e Abede-Nego. No fim dos setenta anos de cativeiro na Babilônia, foi o remanescente que retornou com Esdras e Neemias.         No advento de nosso Senhor, Ana (profetiza) e todos os que esperavam a redenção de Jerusalém (Lucas 2:37-38) formavam o remanescente. Durante a dispensação da Igreja, o remanescente era composto por judeus crentes (Romanos 11:4).
    No século XXI, o REMANESCENTE são os cristãos que sobrevivem firmes em meio às tentações dos prazeres carnais; drogas, violência; interesses próprios, ganância; ódio, inveja; idolatria, feitiçaria; arrogância e humilhações.
    O remanescente não é um mero religioso, é um discípulo de Jesus e fazedor de discípulos através do testemunho da Palavra de Deus.
     Os apóstolos de Jesus foram quem, mesmo com ameaças de morte, não pararam de arrancar as almas do inferno e em sua época evangelizaram o mundo. O inferno inteiro não pode barrar um único cristão, não o religioso, mas o SEGUIDOR DE CRISTO, que se esforça a fazer as mesmas obras de seu Mestre.
     O apóstolo Paulo relembrou a oração feita por um povo no tempo do profeta Isaías (I Coríntios 2:9): 

“Nem olhos viram, nem ouvidos ouviram, nem jamais penetrou em coração humano o que Deus tem preparado para aqueles que O amam!”  

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pelo seu comentário... Deus te abençoe! Compartilhe este blog e dê sugestões de publicações. Abraço!

Marcelo Donisete